A nova produção cênica da Equipe Teatral de Serra Talhada é permeada de incógnitas e repleta de reflexões sobre a vida em sociedade e suas regras. Os personagens X e Y estão aflitos e ao se encontrarem no topo de um prédio seus conflitos interiores são colocados a prova. Dois seres que até então nunca haviam se cruzado, descobrem semelhanças e em alguns momentos um parece ser o reflexo do outro. O espetáculo faz sua estreia no dia 06 de dezembro na programação do Festival de Teatro Louco em Cena na cidade de Barbalha-CE

O FESTIVAL –  O XIV FESTIVAL DE TEATRO LOUCO EM CENA – evento voltado para as Artes Cênicas surgido no ano 2000, por inciativa do Grupo de Teatro Louco em Cena da cidade de Barbalha-CE que percebeu a necessidade de realizar um festival com a proposta de fomentar o teatro, onde através da integração de grupos, artistas e apreciadores (público), pudessem ter acesso às expressões teatrais dentro da comunidade e da região do Cariri e assim, fortalecer o fazer cultural; a partir daí surgem novos talentos e novas plateias para a produção teatral e artística. Esta iniciativa começou com uma Exposição de Fotografias dos grupos da cidade, (Louco em Cena, SESFA, SOAFA, SOBEFE) e apresentações de esquetes do Grupo de Teatro Louco em Cena, nas praças públicas. Hoje conta com várias oficinas que tem motivado o surgimento de novos talentos e qualificado a mão de obra artista da cidade e da região. A cada edição percebem o crescimento do Festival que já recebeu espetáculos de Maputo capital de Moçambique no continente africano, da capital (Fortaleza), de cidades de Pernambuco e da região Metropolitana do Cariri, fomentando as linguagens cênicas (dança, circo e teatro).

A ETEAST vem trabalhando desde maio na produção de Voar é com os Pássaros e neste momento faz sua estreia para apreciação do público cearense e dia 11 de janeiro em Serra Talhada no Quintal do Museu do Cangaço. “É uma satisfação imensa poder voltar a atuar depois de tanto tempo com um texto tão instigante e cheio de sutilezas”. Diz Carlos Silva, interprete de X.

Hícaro Nogueira, interprete de Y define o espetáculo como um jogo psicológico repleto de reflexões sobre as convenções sociais e as mazelas humanas. “A verve dramatúrgica do conflito cênico do autor é justamente o drama e as crises existenciais das pessoas em meio a uma sociedade capitalista e extremamente individualista. Júlio Carrara expõe isso de maneira visceral no texto e nosso diretor Gilberto Gomes, criou imagens e cenas repletas de significados para levar a plateia ao entendimento sutil destas questões”. Resume.

 SERVIÇO:

Voar é Com os Pássaros

Dia 06/12/2018 às 18h

Local: Cine Teatro de Barbalha-CE

Elenco: Hícaro Nogueira & Carlos Silva

Direção: Gilberto Gomes

Técnico: Rúben César

Assistente de Produção: Eduardo Barros

Fotos: Franklin Gomes

Produção: Equipe Teatral de Serra Talhada