“ARTESANATO PERNAMBUCANO 2.º INTERCÂMBIO ENTRE GRUPOS DE ARTESÃOS DE ECONOMIA SOLIDÁRIA”

Durante o MASSACRE DE ANGICO -= A MORTE DE LAMPIÃO, Serra Talhada receberá o projeto “Artesanato Pernambucano – 2.º Intercâmbio entre grupos de artesãos de Economia Solidária”, que tem como objetivo integrar artesãos e artesãs de três Macrorregiões: Sertão (Serra Talhada), Agreste (Limoeiro) e Metropolitana (Moreno) com formação nos princípios da Economia Solidária e que promovam seus produtos artesanais, desde a criação até a comercialização de forma autogestionária.

Serão realizadas três feiras, uma em cada cidade contemplada com a instalação de 20 (vinte) barracas padronizadas, sendo 05 (cinco) para exposição do artesanato de cada Macrorregião e 05 (cinco) para gastronomia local, cuja programação inclui também palestras e apresentações culturais. Ou seja, além de promover a exposição de produtos de cada região, facilitará a troca de experiências entre artesãos e a formação através de debates sobre os princípios da Economia Solidária.

Apesar de termos em nosso Estado muitos grupos de artesanato organizados constatamos a falta de formação e informação por parte da maioria dos artesãos. O intercâmbio e a troca de experiência não é uma prática comum entre os mesmos e este projeto vida preencher essa lacuna.

SOBRE A ECONOMIA SOLIDÁRIA

Economia Solidária é um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Sem explorar os outros, sem querer levar vantagem, sem destruir o meio ambiente. Cooperando, fortalecendo o grupo, cada um pensando no bem de todos e no próprio bem.

A Economia Solidária vem se apresentando, nos últimos anos, como inovadora alternativa de geração de trabalho e renda e uma resposta a favor da inclusão social. Compreende uma diversidade de práticas econômicas e sociais organizadas sob a forma de cooperativas, associações, clubes de troca, redes de cooperação, entre outras, que realizam atividades de produção de artesanato, moeda social, comércio justo e consumo solidário, e possui as seguintes características: cooperação, autogestão e solidariedade.

Em Pernambuco seu viés mais forte se dá em relação à produção do artesanato, onde vários artesãos e artesãs se organizam em grupos de produção, que por sua vez estão ligados aos diversos fóruns de Economia Solidária, a exemplo do Fórum Estadual, Fórum da Região Metropolitana, Fóruns Municipais (Recife, Jaboatão) e Fóruns Regionais (Mata Sul e Sertão).

O projeto, incentivado pelo Governo do Estado de Pernambuco, através do Funcultura, conta com o apoio das cidades de Serra Talhada, Limoeiro e Moreno, será realizado pela Associação de Empreendimentos Econômicos Solidários Bem Viver.

Em Serra Talhada a feira será realizada no período de 25 a 29 de julho de 2018, das 16:00 às 22:00 na Estação do Forró (Vila Ferroviária) durante a realização do espetáculo “O Massacre de Angico – A Morte de Lampião”.