Morreu na tarde desta segunda-feira (10), aos 42 anos, na capital pernambucana, o Mestre/Instrutor de capoeira, Vanilson Leite da Silva, mais conhecido como ‘Nego da Capoeira’, do grupo que prática e divulga essa arte pelo mundo chamado – Muzenza. Era o cabeça dessa categoria aqui em Serra Talhada, cidade que está em luto pela perca desse nobre militante da cultura.

‘Nego da Capoeira’ foi vítima de um grave acidente de trânsito na última segunda-feira (03), na BR-232 nas proximidades do distrito de Bom Nome, em São José do Belmonte. Nego tinha fraturado os dois fêmur e foi socorrido para o  Hospital Regional Professor Agamenon Magalhães (Hospam), e logo em seguida transferido para o Hospital Regional de Arcoverde. Mas após ter um agravamento no seu estado de saúde nesse domingo (09), o capoeirista  foi encaminhado para o Hospital da Restauração, no Recife.

‘Nego’ realizava diversos projetos sociais no bairros mais carentes da cidade, principalmente no Bom Jesus, onde morava. Um dos eventos era o Encontro Nordestino do Grupo Capoeira Muzenza, que todos os anos era realizado por ele e sua equipe que parceiros, foi Instrutor de capoeira nos programas PETI, Serviço de Convivência e em diversas escolas da região, além manter um grupo praticando o jogo da capoeira no bairro onde morava, grupo esse que se apresentava em eventos do município e em outras cidades.

O mesmo deixa esposa e cinco filhos, seu sorriso era largo e sua vontade na luta por melhores políticas para a cultura era constante, foi um batalhador e grande incentivador da arte popular em nosso meio, seu fazer artístico como bom capoeirista foi sempre na busca de cidadania e meios de sobrevivência pela cultura, que também educa, questiona, transforma, seus seguidores são inúmeros e seu legado ficará nestes que com certeza darão continuidade ao grupo na Capital do Xaxado.

Seu corpo será velado em sua casa na Travessa Sete, do bairro Bom Jesus,às 16h seguirá para Praça da Rua 4, no mesmo bairro onde haverá homenagens e Missa de corpo presente, em seguida o cortejo até o cemitério local e seu sepultamento.