O grupo pernambucano Cabras de Lampião, de Serra Talhada, região de Pajeú, desembarca em Fortaleza, na próxima quinta-feira (31/01), com o projeto Alpercatas Circulando. O grupo já percorreu as cidades de João Pessoa (PB), Maceió (AL), Parnamirim e Natal (RN) e, Aracaju (SE), mostrando a importância do Xaxado para a região Nordeste e para a identidade cultural do Brasil. O evento na capital cearense será realizado na quinta-feira (31/01), no Cuca Mondubim, às 19h, e na sexta-feira (01/02), no Cineteatro São Luiz, às 12h, com entrada gratuita.

O Cabras de Lampião é o maior divulgador da dança nordestina e mantém a originalidade e a autenticidade do ritmo dos cangaceiros do sertão. Trata-se de uma trupe de artistas sertanejos que reproduz no palco, como os cangaceiros se divertiam nas caatingas, nos intervalos dos combates.

De acordo com a presidente da Fundação de Cultura Cabras de Lampião, Cleonice Maria, o projeto Alpercatas Circulando, além da dança e da música, que demonstram a força do Cangaço e do povo nordestino, apresenta ainda uma riqueza de elementos como as indumentárias, comidas, hábitos e, principalmente, histórias narradas nas letras das canções.

Durante a realização do projeto Alpercatas Circulando, também vai ser exibido o filme Lampião e Fogo da Serra Grande, que tem a produção da Fundação Cabras de Lampião. Ainda está previsto o lançamento do livro Lampião e o Sertão do Pajeú, do pesquisador e escritor Anildomá Willans de Souza.

O Projeto Alpercatas Circulando tem o incentivo cultural do Funcultura/Fundarpe/Secretaria Estadual de Cultura/Governo de Pernambuco.

Serviço:

Projeto “Alpercatas Circulando”

31/01- Cuca Mondubim – Rua Santa Marlúcia, s/n – Mondubim, Fortaleza

Horário: 19h

Entrada Gratuita

01/02 – Cineteatro São Luiz – Rua Major Facundo, 500 – Centro, Fortaleza

Horário: 12h

Entrada Gratuita

Fonte: Ass. de Imprensa