O JANEIRO DE GRANDES ESPETÁCULOS em sua passagem por Serra Talhada deixou marcas dignas de aplausos, a cada noite artistas, técnicos e público se conectavam através da arte e de seus diversos significados, na primeira noite do evento, o espetáculo teatral NOSSO LAR e sua mensagem de vida em outra dimensão, emocionou a todos. Na sexta-feira, A Equipe Teatral de Serra Talhada, com o Espetáculo VOAR É COM OS PASSAROS, imprimiu na plateia presente no Quintal do Museu do Cangaço uma reflexão sobre as convenções sociais, a falta de políticas públicas adequadas ao bem comum e a depressão, gerando ao final da encenação um debate extremamente instigante.

No sábado, terceira noite do evento na Capital do Xaxado, tivemos um Acerto Lírico, com o cantor e compositor Getúlio Cavalcante, cantando seus frevos canção numa noite épica. Ontem finalizando o evento que em 25 edições na Capital pernambucana, trouxe pela primeira esse ‘recorte’ para o município do sertão, mergulhamos na obra de Plínio Marcos, notável dramaturgo brasileiro e seu jeito cru de falar sobre as misérias humanas, NAVALHA NA CARNE, de sua autoria, ganhou vida e que VIDA, na interpretação de Luísa Thiré, Alex e Raniery, nos levando ao universo do submundo, das prostitutas, malandros e homossexuais, trazendo um alerta sobre a violência que permeia esses seres.

A Fundação Cultural Cabras de Lampião, produtora local desta empreita cultural, sente-se satisfeita em proporcionar aos serra-talhadenses momentos de pura cultura e arte que transforma e faz pensar a partir do lúdico, questões tão pertinentes e atuais.

O evento teve ainda o apoio da Prefeitura Municipal, através da Fundação Cultural de Serra Talhada.

 

Por Carlos Silva

Assessor de comunicação da FCCL

Fotos Sebastião Costa