O Frevo, manifestação cultural e artística, composto por dança e música, foi reconhecido como patrimônio imaterial da humanidade pela UNESCO, em cerimônia realizada na cidade de Paris, França, no ano de 2012. A partir desta divulgação, um trabalho mais efetivo, envolvendo ações de salvaguarda do Frevo, vem sendo desenvolvido por aqueles que sentem a necessidade de manter essa arte viva.

O Projeto SERtão Frevo, visando contribuir na formação de crianças e adolescentes de Serra Talhada na cultura do Frevo, abre inscrições para Oficina de iniciação a esse ritmo tão nosso, visando propiciar um espaço de convivência para crianças e adolescentes, matriculadas em instituições de ensino públicas e privadas, com idades entre 6 e 17 anos. O período de Inscrições vai de 27 de agosto a 10 de setembro, nos seguintes locais: Museu do Cangaço, Casa da Cultura e CEU das Artes no bairro da Caxixola, serão formadas 2 turmas, e as vagas são limitadas.

As aulas terão início no dia 12 de setembro, sob a batuta de Gil Silva, que é professor e passista de Frevo, com mais de 20 anos de atuação profissional, reside em Serra Talhada desde 2015 e vêm construindo um trabalho com aulas de Frevo para crianças, onde percebeu a importância de ampliar esse trabalho também em espaços públicos. A oficina acontecerá no CEU das Artes/Centro de Artes de Esportes Unificados, a partir das 9h da manhã e na Praça Miguel Nunes de Souza (Pracinha Lampião), a partir das 19h.

O projeto “SERtão FREVO: INICIAÇÃO AO FREVO NO SERTÃO PERNAMBUCANO”, tem incentivo do FUNCULTURA/FUNDARPE – Secretaria de Cultura/Governo de Pernambuco e surge da necessidade de difundir e multiplicar o Frevo dentro da metodologia e dos ensinamentos do Mestre Francisco do Nascimento Filho, mais conhecido como Nascimento do Passo, inserindo-se no contexto de ações de salvaguarda em torno deste bem cultural da humanidade.

Gil Silva, o Passista e Instrutor que foi discípulo de Nascimento do Passo e tem domínio sobre o Frevo e outros ritmos de danças populares, como o Cavalo-marinho, a Ciranda, o Coco e o Xaxado, vai trabalhar aspectos como criatividade, espontaneidade, trabalho de equilíbrio e compreensão de opostos nas oficinas, que visam a realização de uma performance ao final das aulas.

O projeto também busca transformar/reafirmar os espaços públicos como espaços culturais, possibilitando uma aproximação da comunidade com a cultura popular pernambucana de maneira mais democrática, atuante e constante, a partir da percepção da necessidade de acesso aos bens culturais e ampliação das potencialidades criativas dos participantes.

Então, não perca tempo: de 27 de agosto a 10 de setembro inscreva suas crianças e/ou adolescentes nesta oficina de iniciação ao Frevo, que objetiva propiciar espaços de aprendizagem da dança do Frevo e divulgá-lo em espaços públicos e culturais.

Serviço:

Projeto: SERtão FREVO: INICIAÇÃO AO FREVO NO SERTÃO PERNAMBUCANO

Período de Inscrição: 27/08 a 10/09

Locais de inscrição: CEU das Artes, Casa da Cultura e Museu do Cangaço.

Início das Aulas: 12 de setembro de 2018.