GRUPO SERTÃO FREVO – O grupo formado por alunos –  do projeto SERTÃO FREVO, iniciado em Serra Talhada no ano de 2015. Apresenta espetáculos de dança com foco no Frevo, já se apresentou em diversos eventos culturais na cidade, como a tradicional Festa de Setembro, O Encontro Nordestino de Xaxado, o Tributo a Virgolino e Feira Literária de Serra Talhada, a FLIST. Entre os espetáculos realizados, encontra-se “Uma homenagem ao frevo” e o “Espetáculo “o diário de um passista”. Este Grupo está na programação do 14º Encontro Nordestino de Xaxado.

A produção conta o encontro de um passista (Gil Silva) com os ensinamentos do Mestre Nascimento do Passo, trazendo sua história no frevo e nas demais danças populares. O espetáculo traz a leitura de brincadeiras de carnaval “la ursa”. Depois conta o encontro de Nascimento do Passo por meio de um programa de TV, onde pôde ver o casamento da música e o passo. A interpretação se volta aos momentos em que o artista acompanha o mestre, difundindo seu trabalho em comunidades, descobrindo novos talentos e participação em projetos. Por fim, mostra o que Nascimento sempre dizia “o frevo está contido em todas as danças e todas as danças contém o frevo”. O diário conta, então, o encontro do Mestre, a continuidade do trabalho de formação de multiplicadores do passo e a vivência em outras manifestações culturais.

GRUPO DE TRADIÇÕES FOLCLÓRICAS MOENDA da cidade de AREIA-PB – O espetáculo Moenda do Tempo retrata a morte e a paixão, mostrando os momentos de festa e de dor no cangaço. Com música, dança e teatro, o Grupo de Tradições Folclóricas Moenda sob a
direção de Thiago Rodrigues. O espetáculo mostra o romance de Lampião e Maria Bonita, que foi marcado por uma história repleta de lutas, amor, alegrias e tristezas. Lampião era um homem respeitado pelo seu bando, temido por uns e rei para outros. Amante eterno de Maria Bonita, mulher forte, companheira, de olhos e cabelos castanhos, que conquistou o cangaceiro e se tornou a primeira mulher a fazer parte do bando. A morte de Lampião, o Rei do Cangaço e do seu bando, tem uma grande relevância para a história do Sertão nordestino e para a do Brasil. Neste ano foi selecionado para compor se apresentar no 14º Encontro Nordestino de Xaxado.

SERVIÇO: 14º Encontro Nordestino de Xaxado, que acontecerá nos dias 06, 07, 08, 09 e 10 de novembro, na Estação do Forró, com polos na Feira Livre, em Escolas públicas e no Sítio Passagem das Pedras – onde nasceu Lampião, em Serra Talhada – Sertão do Pajeú, com incentivo do FUNCULTURA/FUNDARPE / SECRETARIA DE CULTURA / GOVERNO DE PERNAMBUCO.

Por Carlos Silva