A saga do Rei do Cangaço será mostrada em versos e dança através do Xaxado do grupo ‘Cabras de Lampião’, em São Paulo, com uma apresentação toda especial no CTN – Centro de Tradições Nordestinas, além de circular pelo SESC de algumas cidades paulistas.

‘Os Cabras de Lampião’ é uma trupe de Serra Talhada (PE), terra onde nasceu Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião. A apresentação faz parte do projeto pernambucano “Xaxado nos Festivais”, que visa promover a cultura do cangaço, que é genuinamente nordestina.

A Trupe vai percorrer além da capital paulista, as cidades de Birigui, Osasco e Sorocaba. O público vai poder conferir, além do Xaxado, outras danças típicas do bando guerreiro nordestino. As apresentações são gratuitas e vão acontecer nas unidades Sesc de São Paulo e culminar na Festa das Tradições Nordestinas, no Centro de Tradições Nordestinas, no evento “São João de Nóis Tudim”.

“Todo nosso trabalho cultural é feito em cima do cangaço e da figura de Lampião, este sujeito polêmico, mas tão importante para nossa cultura nordestina. Nosso objetivo é principalmente esse, o de difundir nossas raízes culturais”. Afirmou Cleonice Maria, coreografa e produtora cultural.

Os artistas sertanejos produzem no palco, uma performance alegre, fiel e bem-humorada de como os cangaceiros se divertiam nas caatingas, durante os intervalos dos combates nas veredas sertanejas.

Grupo – Cabras de Lampião é uma trupe que tem origem na cidade de Serra Talhada, cidade onde nasceu Virgulino Ferreira da Silva, o temido Lampião, mais conhecido como cabra da peste. Usando uma indumentária característica dos homens do cangaço, com o auxílio de um amplo repertório musical, acompanhado por zabumba, sanfona e triângulo, o grupo reproduz no palco, como os cangaceiros se divertiam nas caatingas, nos momentos de descanso e descontração.

A turnê do grupo Cabras de Lampião tem o incentivo cultural do Funcultura/Secretaria Estadual de Cultura/Governo de Pernambuco.

Por Carlos Silva – Assessor de Comunicação da FCCL