A CAMINHO DO TRIBUTO A VIRGOLINO – Uma das passagens mais conhecidas da história do cangaço é aquela que Lampião fez um cangaceiro comer um quilo de sal por ter reclamado que a comida estava insossa. A senhora dona da casa preparou um farto almoço para o bando de Lampião, que vinha perambulando a dias pela caatinga, fugindo da polícia, quando conseguem abrigo numa casa e a proprietária prepara as refeições. Após comerem, um dos seus cangaceiros reclama que a comida estava sem um pingo de sal. Foi o motivo para o chefe pegar uma cuia cheia de sal e fazer o cabra comer até se lascar. Essa história é do imaginário popular, mas ela está no MASSACRE DE ANGICO – A MORTE DE LAMPIÃO, nos dias 24, 25, 26, 27 e 28 de julho de 2019, na Estação do Forró, em Serra Talhada. Texto de Anildomá Willans de Souza / Direção Izaltino Caetano / Produção Fundação Cultural Cabras de Lampião.